um pedido de desculpas

Antes de qualquer coisa eu te devo desculpas, bloguinho! Você é jovem demais pra ser abandonado como qualquer outro projeto.

Estou de volta. Sei que preciso tirar o pó do teclado, dar brilho na tela do computador, escrever algo para você.

Não é desculpa mas as ultimas semanas foram bem difíceis. No mundo dos livros tudo ainda é belo. Aqui, fora da segurança das páginas e suas histórias, há o medo.

Pandemia, quarentena, vírus. Fim dos tempos? Rezo para que não. Ainda há muito pra ser lido!

No auge da minha melancolia, me recolhi a um sono sem sonhos ou literatura. Agora é hora de respirar ar fresco, brisa literária.

Me arrisco a tirar um título da estante. Folheio. E volto a viver.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: