Um agradecimento de outro continente:

Foto roubada da Editora Pendragon… Será que eles perdoam?

Oi pessoal! Tudo bem com vocês? Hoje é uma segunda feira e vai ter postagem nova sim! Domingo teve, hoje tem também… Pois é, estamos a todo vapor! Acontece que ontem a noite participei do último debate de uma certa leitura coletiva e isso me fez tão bem que não pude esperar mais e ficar com essa resenha no colo! Quero compartilhar ❤

Dia 07 de Dezembro de 2020 – Palavras vindas do Continente Lemúria

Hoje encerramos oficialmente a Leitura Coletiva do livro Graham – O Continente Lemúria com o seu segundo debate. Se tivesse que escolher uma palavra para resumir essa experiencia seria “diversão”. Me diverti lendo e conversando sobre esse livro, tão bom, com outros leitores.

Ao longo da história vivenciei diversas emoções e todas foram capazes de me entreter. Efeito colateral de em bom livro. O Vinícius Fernandes sabe proporcionar coisas assim. Ele tem esse talento para o uso dos clássicos. Sejam romanticismos de uma geração, sejam criaturas já conhecidas (como vampiros), o autor os faz seus, os faz únicos.

Vinícius Fernandes te apresenta, ao longo da obra, Peter Graham (um caçador de vampiros) e te mostra os eventos que o levaram até onde ele se encontra agora, numa outra vida, só e prestes a enfrentar seu maior desafio: a caçada que, se bem sucedida, pode encerrar tudo.

Apesar do uso de personagens conhecidos, o livro os aborda de modo inovador e atual. Além disso, é válido ressaltar que a história, mais que só rica em detalhes de uma mitologia própria, prende o leitor nas suas cenas de ação e de memória. O perigo se faz presente e te mantém atento e de cabelos em pé.

O livro, no seu todo, é instigante, excitante e capaz de viciar. Me senti capturada pela história e os personagens aos quais me apeguei. Por vezes até chorei como Peter Graham, no escuro e agarrada a leitura que me mantinha ali refém. Mesmo densa, a história é passível de ser devorada em uma única noite.

Um dos fatores mais intrigantes para mim foi a capacidade do autor de garantir a possibilidade de todos os eventos. Vinícius soube manter a verossimilhança num livro com criaturas fantásticas. O sofrimento do personagem era real e, portanto, passível da empatia do leitor.

Por falar em leitor… Não posso validar a experiência de outros, mas sim falar de minha própria. Amei o livro. Amei suas questões, algumas atuais e outras atemporais, e as abordagens. Amei a representatividade LGBTQIA+ e amei também toda a ação empregada na trama.

Encerro minha leitura já ansiosa pelas próximas páginas. Quero ler mais obras do autor e mais obras como Graham – O Continente Lemúria. Quero ler mais obras que me entretenham e que me lembrem do quanto eu gosto da literatura nacional e do que ela tem a oferecer.

Esse livro me surpreendeu de diversas formas positivas e a experiência da Leitura Coletiva só tornou mais prazerosa sua leitura. Saio da LC, nesse dezembro, com um verdadeiro presente: as memórias, tanto da história e do livro quanto das pessoas com quem dividi essa experiência.

Nossas risadas, não raras vezes, foram o ponto alto da minha semana. Vocês, enquanto grupo, selaram pra sempre minha paixão por clubes do livro e leituras coletivas.

Ao final dessa resenha só posso murmurar (tão baixo que é quase impossível me ouvir) uma última palavra: obrigada. Obrigada por fazer da literatura nacional melhor. Obrigada por me lembrar o quanto eu gosto de ler para me divertir. Nos vemos nas próximas páginas. Com amor, Ana Clara”

Por hoje é só, pessoal. Espero que tenham gostado. Caso tenham vindo lá do Instagram, os convido a vasculhar as páginas desse blog. Faço tudo com muito amor e zero noção ❤

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: