Vem sorrir também?

Olha essa capa linda, gente!

Eu sei que, de novo, eu entrei em ressaca literária e que, de novo também, eu deixei o pó acumular nos móveis aqui do blog…. Desculpa.

Mas não vamos ficar nos lamentando, né? Hoje eu trouxe uma resenha que está a dois meses prontinha pra ser compartilhada com vocês!

No dia 16 de Fevereiro eu escrevi assim ó:

Hoje eu li “O Monstro Que Roubava Sorrisos”. Livro infantil, livro curtinho, livro ilustrado. Livro porreta.

Eu estava ansiosa pra ler esse livro desde que a Editora Pendragon o divulgou como o novo título do autor e amigo Felipe Saraica…

Ontem ele chegou aqui em casa de presente pra mim e eu não me aguentei… Furei tudo quanto é fila literária e fui abraçar esse livrinho colorido!

Gente, que enredo mais lindo! Narrado pelo Murillo, o livro conta a história de um tal monstro que parece viver roubando os sorrisos bonitos do pai dele.

O Murillo sente saudade do pai brincalhão e, como é um rapazinho muito corajoso, ele fica bolando planos e mais planos pra aprisionar esse tal monstro e dar uma bela lição nele!

O livro é fofo, sabe? Me trouxe vários sorrisos. Os personagens são fofos. É tudo amável e essa é uma história que eu teria adorado ouvir a mamãe ler pra mim quando eu era pequena.

Tem momentos que emocionam, tem outros que fazem rir, tem bons exemplos e vários personagens (o que renderia várias vozes diferentes feitas pela minha mãe!)

  Amei que o autor trouxe essa proposta de falar de um monstrão chamado Depressão. É importante. O Felipe soube dar o tom certo pra conversa. Abrir o diálogo e facilitar o entendimento.

Agora é hora que você talvez pense “poxa Ana Clara… falar de depressão com criança?”. É preciso, gente!  Essa doença, esse monstro, pode entrar na vida de qualquer um… Inclusive de uma criança. A gente, através do livro, tem o ponto de vista de uma criança sobre tudo isso.

O livro é excelente ao narrar uma história sobre um assunto tão delicado sem perder o encanto e a magia presentes no olhar dos pequenos.

Se eu fosse você, eu lia. É uma leitura boa tanto pra criança pequena quanto pra criança grande (que nem eu). Diria que é leitura até pra criança bem mais velha, como meu pai!

Esse foi o primeiro livro infantil da Pendragon que li, pelo selo Dragõezinhos. Amei. Me tirou de uma baita ressaca literária e me lembrou de coisa lindas…

Me lembrou de como eu gostava que lessem pra mim e de que como era gostoso falar da história depois.

Se eu paro pra pensar bem… Minhas primeiras Leituras Coletivas foram feitas com a minha mãe, né? Mal sabia ela que um dia eu estaria aqui, organizando minhas próprias leituras coletivas e sonhando com o dia que eu vou poder ler “O Monstro Que Roubava Sorrisos” pra uma criança.

É isso gente. Hoje eu li “O Monstro Que Roubava Sorrisos”. E eu sorri. Esse livro está recomendadíssimo, viu?

Espero que vocês leiam e, assim como eu, apreciem essa história infantil que de boba não tem nadinha!

Bom, pessoal, essa foi a resenha de hoje! Vejo vocês em breve e os convido desde já a me seguir lá no insta (onde eu juro que apareço com mais frequência!): @aclarabarreiros (antiga @poesia.as.claras)

Nos vemos nas próximas páginas ❤

Um comentário em “Vem sorrir também?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: